Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Programa Educar para Inovar promove imersão na região Central

Evento será realizado na UFSM nesta quarta-feira, 23, e aceitará participações virtuais

Publicação:

WhatsApp Image 2022 11 22 at 09 41 01
2ª Imersão do Programa Educar para Inovar na região Central - Foto: Divulgação
Por ADRIANA FIGUEIREDO ASCOM/SICT

A Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (SICT) convida para a 2ª Imersão do Programa Educar para Inovar na região Central. O evento irá acontecer nesta quarta-feira, 23 de novembro, às 14h, no Coworking da Incubadora Pulsar (Prédio 61H) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), em Santa Maria - RS.

O objetivo do encontro é fomentar a conversa e a troca de experiências entre os parceiros do programa, a fim de construir formas de inserir a inovação na educação básica do Ecossistema Regional de Inovação da região Central. O momento será aberto à discussão de soluções relativas a outras demandas relacionadas que forem expostas pelos presentes.

Na ocasião, serão apresentados também os avanços do Educar para Inovar em outras regiões do RS, bem como a sua metodologia – o Método Educar para Inovar, que foi desenvolvido em parceria com a Junior Achievement - JA/RS e com a Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs).

A participação na imersão também será viabilizada no formato online, através do Google Meet.

Este é um evento organizado pelo programa Educar para Inovar, pela UFSM e pela Agência de Inovação e Transferência de Tecnologia (Agittec). 

 

Sobre o Educar para Inovar

O programa Educar para Inovar, coordenado pela SICT em parceria com a Secretaria da Educação (SEDUC), visa à transformação educacional através da aproximação da quádrupla hélice (universidades, comunidade, governo e empresas) e contribui para o desenvolvimento de habilidades necessárias ao profissional do futuro. Dentre as habilidades trabalhadas, destacam-se a solução de problemas complexos, o pensamento crítico, a empatia, a inteligência emocional, o bom senso, a tomada de decisão, a negociação e a flexibilidade cognitiva.

O programa fomenta também a criação de uma rede de profissionais e a sua conexão com práticas para promover o protagonismo dos estudantes. Desta forma, prepara os jovens para o mercado de trabalho do futuro, a partir do autoconhecimento, da inovação tecnológica e do empreendedorismo intensivo em conhecimento.

A iniciativa realiza visitas a centros de referência na área, como instituições de ensino e pesquisa e ecossistemas de inovação, e promove eventos anuais de engajamento para a troca de experiências através de lives e do Prêmio Jovem Talento Científico Gaúcho. 

Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia